Cultura

Dentre as inúmeras possibilidades para se definir cultura, a que mais nos agrada é que cultura é o resultado das relações, das interações entre os membros de uma mesma comunidade, sociedade, estado, país.

 

Essa definição é importante porque foca não nos elementos que compõem uma cultura (como a arte, as crenças, a lei, a moral, os costumes, os hábitos, os valores, símbolos), mas no modo como eles vêm à tona, na maneira como é possível identificar essas coisas: nas trocas entre as pessoas que a compõem.

 

Por isso, para nós, trabalhar a cultura interna de uma empresa é, acima de tudo, trabalhar as relações que se estabelecem dentro dela. É também fazer com que essas relações reflitam os elementos da cultura, como sua missão, seus valores, seus ideais. Quantas vezes eles estão escritos no papel, mas não se concretizam na prática?

 

A palavra cultura, em latim, designava o cultivo da terra (até hoje para nós também como, por exemplo, a “cultura de café”). Da mesma forma, acreditamos que é necessário arar a terra, preparar o campo para que as sementes sejam plantadas e possam germinar. É preciso trabalhar as pessoas e suas relações para que a cultura floresça, para que ela apareça de uma maneira que reflita as intenções de todos os que a compõem.

 

Para trabalhar a cultura, é necessário um trabalho conjunto com as lideranças da empresa para, a partir de uma visão de longo prazo alcançar:

  • Mudança de Mindset

  • Engajamento

  • Vivência da visão e dos valores da marca

 

Converse conosco para saber como podemos ajudar a sua organização.