Encerramento das atividades da Experiência de Escuta

A Experiência de Escuta é um serviço de acolhimento que foi disponibilizado para a população tão logo a quarentena foi anunciada. Desde então, fizemos 4.460 escutas, centenas de encaminhamentos, dezenas de reuniões e estudos de casos. Pudemos acompanhar a população em situações de desespero e desesperança, mas também de encontro e gratidão. Sentimo-nos profundamente gratos a todos os usuários da Experiência de Escuta. 

Desde o princípio, a Experiência de Escuta buscou oferecer uma vivência de contato humano, acolhimento e companhia para aqueles que sofriam por circunstâncias relacionadas à Covid-19 ou seus desdobramentos, tais como a quarentena, o medo da doença, a tristeza do isolamento, a insegurança financeira, o luto, entre tantas outras aflições que ganharam palavra e memória em cada um dos milhares de encontros produzidos por essa grande experiência.

Entendemos que o trabalho de cuidado com o sofrimento mental que a pandemia causou está apenas começando. Mas entendemos também que o formato e a proposta da Experiência de Escuta já não é o mais adequado ao momento. Quando iniciamos o nosso trabalho, assumimos o compromisso de mantê-lo enquanto durasse a quarentena, pois entendíamos que o dispositivo que havíamos disponibilizado seria mais útil à sociedade devido ao momento de emergência. 

Se a emergência sanitária ainda não cessou, tudo indica que boa parte da sensação de emergência já foi dispersada. Observamos isso em nosso trabalho, através da diminuição da procura concomitantemente à reabertura da economia, da menor disponibilidade de profissionais para executarem o trabalho voluntário, uma vez que estes também retomam suas atividades regulares e, sobretudo, a partir da variação das queixas após quase cinco meses. Percebemos que já não predominam as questões relacionadas à Covid-19, indicando que estamos nos expondo ao risco de nos desviarmos do propósito em relação à intenção inicial do projeto.

Com muita gratidão por todos os que participaram e por todas as pessoas que nos apoiaram, mas também com uma recompensadora tristeza, anunciamos o encerramento das atividades da Experiência de Escuta para o dia 20 de agosto de 2020, data em que completamos 5 meses de serviço.

 

São Paulo, 06 de agosto de 2020

(Atualizado em 01 de outubro de 2020)

Por favor, leia com atenção as regras gerais para utilização deste serviço:

Informações gerais:

  • O serviço é gratuito;

  • As sessões são individuais;

  • A duração é de 30 minutos;

  • O meio utilizado é a vídeo-chamada;

  • A Experiência de Escuta não tem fins terapêuticos. Não é terapia online nem psicologia online;

  • O serviço estará disponível apenas enquanto houver demanda ou enquanto durar o confinamento de contenção do COVID-19; 

Procure não faltar à sua sessão. Neste momento de grande necessidade, é importante todos termos consciência de que os recursos são escassos e precisam ser bem aproveitados. Um horário não utilizado por você poderia servir para outra pessoa em necessidade. Por isso, é importante ter consciência da responsabilidade em ocupar um horário. Caso precise desmarcar, entre em contato com o profissional com antecedência para comunicar a sua desistência.

Procure ser pontual. Existem outras pessoas agendadas depois de você, portanto os atrasos não serão compensados ao final da sessão. Seremos pontuais com o início e o término da Experiência de Escuta. Então, se você se atrasar, perderá minutos preciosos do seu horário.

Por fim, gostaríamos de ressaltar que esta é uma iniciativa de um grupo de profissionais que se conhecem, porém não estão vinculados a nenhuma instituição, empresa ou ao site/empresa Relações Simplificadas. A responsabilidade pelo andamento das sessões é de cada cliente e de cada profissional. Este site está contribuindo com esta iniciativa, oferecendo o seu espaço e tecnologia para a organização dos acolhimentos e não se responsabiliza por quaisquer questões que porventura possam surgir durante as sessões.